terça-feira, 20 de abril de 2021

Banda Santa Cecília de Nova Pádua completa 108 anos

No dia 20 de abril de 1913 era fundada a Banda Santa Cecília, com o objetivo de trazer um pouco de alegria em meio a tantas dificuldades enfrentadas pelos imigrantes. Na época, a pequena colônia era o 4º Distrito de Caxias do Sul, passando a 2º Distrito de Flores da Cunha e conquistando a municipalização em 1992, tornando-se município. São 108 anos marcados pela música e que hoje fazem da entidade um patrimônio histórico e cultura de Nova Pádua.

A presidente Rita Cristina Pecatti Daniel ressalta o sentimento de gratidão ao fazer parte da entidade. “Nesta data em que a banda comemora 108 anos, fica o meu agradecimento aos músicos que nos antecederam, que acreditaram e fundaram a banda, para que a mesma espalhasse alegria e amenizasse a saudade que os músicos tinham de sua terra e de seus familiares que ficaram na Itália”, recordou Rita. 

 “Tenho um sentimento de respeito e admiração aos atuais músicos que carregam a entidade no coração e fazem da banda um espaço de alegria. Obrigado por encontrarem tempo para os ensaios e apresentações. São 108 anos de atividades ininterruptas, que consagram a Banda Santa Cecília de Nova Pádua como a mais antiga do Rio Grande do Sul. A banda exerce a função de manter e exaltar a nossa cultura italiana”, conclui a presidente.

O músico Lino Peccati tem 52 anos dedicados à Banda e 45 deles como maestro. Lino destaca a importância da Banda Santa Cecília no entretenimento da comunidade paduense. “Nestes 108 anos, a Banda se manteve viva graças ao amor de seus componentes pela música e segue sendo passado de geração para a continuidade desta entidade”, frisou Peccati.

A entidade participou dos principais momentos da história de Nova Pádua e da região. A entidade recepcionou até mesmo presidentes da república. “Nestes 108 de história, a Banda Santa Cecília de Nova Pádua animou festas religiosas e civis, fez homenagens a prefeitos, deputados, embaixadores, ministros, bispos, sacerdotes e inúmeras autoridades que visitaram Nova Pádua. Além disso, marcou presença nas despedidas de pessoas ilustres da história do Município.

Peccati afirma que a Banda Santa Cecília é de Nova Pádua. “Ela está presente para servir o povo de Nova Pádua”, finaliza Lino. Hoje a banda é composta por 21 músicos, tem como maestro Lino Peccati e é presidida por Rita Cristina Pecatti Daniel. 

ATUAIS MEMBROS DA BANDA SANTA CECÍLIA DE NOVA PÁDUA:
Alexandre Alessi 
Aline Pecatti 
Eduardo Vazzaro 
Elimar Marin 
Evandro Fabian 
Fabio Loro 
Geovana Pecatti Daniel 
Gilmar Marin 
Ivo Bisinella 
Joel Panizzon 
Jucimar Luiz Salvador 
Lino Pecatti 
Luiz Carlos Marcante 
Marcelo Pecatti 
Marta Bisinella Pecatti 
Morgana Salvador Decosta 
Neris Marin 
Nestor Pecatti 
Próspero Menegat 
Rita Cristina Pecatti Daniel 
Roberta Galiotto Salvador

Por: Maicon Pan

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Banda Santa Cecília presta homenagem ao maestro Lino Peccati

Na solenidade de entrega do Título de Cidadão Benemérito por parte do Poder Legislativo Paduense, a Banda Santa Cecília de Nova Pádua também prestou uma homenagem ao maestro Lino José Peccati pelos 40 Anos de regência a frente da entidade. 

Lino Peccatti foi empossado como maestro no dia 1º de dezembro de 1979 quando aceitou o desafio e continua esse esplendoroso trabalho até hoje. Para a presidente da entidade, Rita Cristina Daniel Peccatti, o irmão e maestro é um artista completo. “A Banda Santa Cecília reconhece o seu talento como musicista, cantor, compositor e arranjador”, ressaltou Cristina. 

Lino compôs letra e música de algumas canções. Entre as mais tocadas pela Banda estão: Dobrado meu sertão; Marcha do alemão; Solta o trombone; Marcha da andorinha, além do Hino do Centenário da Banda Santa Cecília e o Hino de Nova Pádua. O maestro também compôs a letra e música das canções La Bella Domênica e La Bella Cità, além dos inúmeros arranjos de músicas e partituras que escreve individualizadas para cada instrumento da Banda, em diferentes tons, tudo isso, contando somente com o seu talento e ouvido musical. 

Ao longo desses 40 Anos, a Banda não somente reproduziu composições, mas passou a tocar composições inéditas de autoria do maestro, um autodidata, amigo para todas as ocasiões e professor.  

Como forma de concretizar o agradecimento e homenagem da Banda Santa Cecília, o Sr. Faustino Bisinella, que sempre acreditou na capacidade e talento do maestro Lino, fez a entrega de uma placa, em nome da Banda Santa Cecília de Nova Pádua, ao regente da Banda.

Texto: Maicon Pan 

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Uma noite marcada pela emoção e homenagens aos músicos e maestro da Banda Santa Cecília

Foi uma noite de fortes emoções. Na sexta-feira, 25 de outubro, a Câmara de Vereadores de Nova Pádua homenageou os senhores Próspero Menegat, Sérgio Miozzo, Nestor Peccati e o Maestro Lino Peccati, com o Título de Cidadãos Beneméritos Paduenses aos 50 Anos dedicados à cultura através da Banda Santa Cecília. 

A Banda Santa Cecília há 106 anos desenvolve um papel crucial no Município de Nova Pádua e em todo o Rio Grande do Sul, uma vez que é a Banda mais antiga do Estado em atividade ininterrupta, considerada por muitos um verdadeiro patrimônio cultural. Formada em sua maioria por agricultores e estudantes descendentes de imigrantes de italianos, mesclando a história da imigração com a trajetória da entidade, ou seja, são voluntários de várias idades, que abdicam de tempo em prol da perpetuação da história da banda. Os integrantes carregam, com orgulho, o amor pela música e pela trajetória dos imigrantes. 

O grupo sempre se destacou por divulgar a cultura, diversão e lazer. A banda sempre foi a entidade chamada para receber, agradecer, homenagear, parabenizar, despedir, dentre outros. Em um município de 2500 pessoas, vale frisar que já fizeram parte da banda mais de 130 músicos, ou seja, a ligação das pessoas de origem paduense com a banda é tão grande que é difícil encontrar alguma família que não tenha histórico na banda. 

A banda traz consigo um admirável legado sustentado pelo voluntariado, amor e a doação. Este é um dos principais objetivos: trabalhar de forma voluntária para que cada vez mais pessoas sejam tocadas pela música, o abrigo da alma; amor pela história dos antepassados e, principalmente, pela música e doação, pela entrega e dedicação que os músicos dão a banda. 

Todos os músicos que integram a banda são voluntários e tiveram sua formação musical baseada na troca de conhecimento herdada de familiares, através dos colegas e por meio do autoconhecimento adquirido. Nestor e o maestro Lino, são exemplos, herdaram de seu pai Marcelo Fortunatto Peccati e hoje repassam aos seus filhos que também atuam na Banda. Além disso, já lecionaram aulas de música para diversos grupos dentro da comunidade. São também integrantes do Grupo da Família Peccati que é muita ativa na comunidade paduense, e do Coral Santa Cecília em que Nestor é maestro, e fundador também do primeiro Coral Infanto Juvenil do município.

O maestro Lino, além de tocar diversos instrumentos musicais e dar aulas. É cantor e compositor de diversas músicas interpretadas pela própria banda, como o Hino do Centenário, e o Hino de Nova Pádua, entre outras canções executadas pela banda. Seu talento e trabalho já foi reconhecido pelos parlamentares estaduais quando em 2013, a Banda completou seu centenário recebendo homenagem do parlamento gaúcho, entregou nas mãos do maestro a Medalha 53ª Legislatura e destacou o seu papel dentro da entidade, referindo-se como um dos responsáveis pela transformação da banda em um símbolo cultural, salientando que muitos músicos aprenderam a tocar instrumentos a partir de sua orientação e dedicação. 

Próspero, Sergio, Nestor e o maestro Lino se doaram por 50 Anos de suas vidas a essa entidade, onde foram inúmeros ensaios e apresentações. Embora nenhum deles tenha tido formação musical, souberam valorizar o que lhes foi repassando uma tradição muito valiosa, de amor, carinho e muito trabalho.

Próspero Menegat, Sérgio Miozzo, Nestor Peccati e o Maestro Lino Peccati que iniciaram sua trajetória na Banda em 1969 ainda permanecem colaborando e, com muita dedicação continuam com a entidade que orgulha o Município e o Estado. Essa homenagem com a entrega do Título de Cidadão Benemérito Paduense a esses cidadãos que tanto contribuíram e contribuem, se dedicando de forma voluntária para a cultura, alinhada a Banda Santa Cecilia é sem dúvida muito merecida. 

Em seguida o blog estará trazendo mais homenagem que foram feitas aos músicos e ao também ao maestro Lino. 

Texto: Maicon Pan
Fotos: Maicon Pan 

sábado, 21 de setembro de 2019

Músicos da Banda Santa Cecília de Nova Pádua serão condecorados com o Título de Cidadão Benemérito

No ano em que a Banda Santa Cecília completa 106 anos de história, o maestro Lino Pecatti, e os músicos Próspero Menegat, Nestor Pecatti e Sérgio Miozzo serão homenageados pela Câmara de Vereadores de Nova Pádua com a entrega do Título de Cidadão Benemérito.

De acordo com o Decreto Legislativo, assinado por todos os vereadores, a homenagem é um reconhecimento aos 50 Anos dedicados a cultura através da Banda Santa Cecília. A solenidade acontece no dia 25 de outubro, a partir das 19h, no Salão Paroquial de Nova Pádua.

Para o Presidente da Câmara, Danrlei Pilatti, os músicos são merecedores deste título por realizarem a tantos anos um trabalho tão bonito, enaltecendo a nossa cultura e religiosidade, transmitindo através da música os maiores valores de uma sociedade. Quatro líderes desta entidade que leva consigo o exemplo de organização, empenho e dedicação.

A Câmara de Vereadores e a Banda Santa Cecília convidam a todos para participarem desta importante condecoração aos músicos. Os ingressos para o jantar, no valor de R$ 45,00 podem ser adquiridos com os músicos da Banda ou no Poder Legislativo, pelo fone (54) 3296.1400. 

Por: Maicon Pan

domingo, 8 de setembro de 2019

Uma vida dedicada à Banda Santa Cecília

O final de semana foi especial para a Banda Santa Cecília e ainda mais especial para os músicos Nestor Peccatti, Próspero Menegat, Sérgio Miozzo e o Maestro Lino Peccati. 

Neste sábado, 07 de setembro, os quatro músicos completaram 50 Anos de atividades na Banda Santa Cecília, que neste ano completou 106 Anos de fundação. Durante o dia, Nestor Próspero, Sérgio e Lino receberam os parabéns dos colegas de Banda e das pessoas que tem um carinho especial e trabalham com dedicação pela entidade. 

A Presidente Cristina Peccatti Daniel expressou o sentimento de gratidão. “Muito obrigada pela dedicação para com à música e a Banda Santa Cecília. É difícil encontrarmos palavras para agradecer e reconhecer todo esse trabalho. Sou admiradora de vocês e sintam-se felizes pelo trabalho desempenhado de forma voluntaria por todo esse tempo”, destacou Cristina. 

Os músicos da nova geração também agradeceram o aprendizado adquirido não só com o Maestro Lino, mas também com os colegas de Banda. “Essa história só continua porque vocês se dedicam para levar um pedaço da Itália até as pessoas. Obrigada pelo incentivo e dedicação com nós, jovens. É um orgulho saber que há 50 anos vocês se dedicam a Banda Santa Cecília”, agradeceu Roberta Salvador. 

Dedicada e que realiza um trabalho importantíssimo junto a Banda, Nair Panizzon Baroni, destacou a trajetória dos músicos na entidade. “Na história de uma Banda que tem 106 anos de idade, fazer parte de 50 deles é ser uma peça essencial para ela ter chegado a nossos dias. Lino, Nestor, Sérgio e Prospero, parabéns por esta trajetória de voluntariado em prol da nossa cultura, o nosso reconhecimento ao vosso trabalho. 

Também da nova geração, Geovana Daniel deixou a sua mensagem aos músicos. “A dedicação de vocês nos inspira a continuar mesmo com as dificuldades. Obrigada por todo o incentivo e por terem estimulado o nosso ingresso na entidade. A história dela com certeza brilha muito mais com a presença de vocês” frisou a musicista. 

Parabenizaram os músicos, os colegas de manda Marta, Ivo, Gilmar, Joel, Aline, Elimar, Luiz, Jucimar e demais músicos que aprenderam e convivem com os músicos que se doam pela Banda Santa Cecília. 

No mês de outubro, a Banda Santa Cecília estará homenageando o Maestro Lino Peccati e os músicos Sérgio Miozzo, Nestor Pecatti e Próspero Menegat. Na ocasião, a Câmara de Vereadores de Nova Pádua também prestará uma homenagem aos músicos.

Por: Maicon Pan 

terça-feira, 11 de junho de 2019

Banda Santa Cecília é presença ilustre na festa do padroeiro Santo Antônio

A tradicional festa De Santo Antônio, padroeiro de Nova Pádua, contou com a presença de um grande número de devotos. A programação religiosa iniciou na sexta-feira, 07 de junho, com missa na Igreja Matriz. Logo após foi realizado um jantar e torneio de bisca no salão paroquial. 

No sábado, 08, aconteceu a cerimônia eucarística do 2º dia do tríduo. No domingo, às 10h, foi celebrada a missa solene com a participação do Coral e da Banda Santa Cecília. 

Terminada a celebração, os devotos acompanharam a procissão com a imagem de Santo Antônio pelas ruas da cidade, também acompanhada pela Banda Santa Cecília que tocou seus acordes. 
Ao meio dia foi, no Salão Paroquial, foi servido um saboroso almoço colonial. A Banda Santa Cecília esteve presente e entoou canções religiosa, italianas e gaúchas para animar os devotos e pessoas que prestigiaram a festa do padroeiro de Nova Pádua.

Por: Maicon Pan 

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Banda Santa Cecília comemora 105 Anos da primeira apresentação em público

Pelas mãos da Paróquia Santo Antônio e com as bênçãos de Nossa Senhora da Saúde nascia, em 1913, a Banda Santa Cecília. Foi em 21 de Novembro daquele ano, durante a celebração a Nossa Senhora da Saúde e com a participação de muitos fiéis, o então distrito de Nova Pádua ouvia, pela primeira vez, a nova banda musical. 

Sob a direção do maestro Parise, durante a missa solene, os fiéis escutaram atentos os sons da Banda Santa Cecília. Fé, alegria e saúde estavam unidos para sempre. É por isso que, 105 anos depois, esses sons se perpetuam, num misto de música, saúde e alegria para todos, tal como foi seu princípio. 

O domingo, 18 de novembro, foi especial para a Banda Santa Cecília porque justamente no dia em que Nova Pádua festejou a padroeira Nossa Senhora da Saúde, a entidade comemorou os 105 Anos da Primeira apresentação em público. 

A Banda participou da missa festiva celebrada na Igreja Matriz, pelo reverendo Pe. Mario Pasqual. Abrilhantou a celebração com o canto na procissão de entrada e o canto Ave Maria durante a comunhão. 

Durante a procissão com a imagem da padroeira, a Banda também participou com alguns dobrados. Faustino Bisinella, com uma linda história como músico da entidade, conduziu a faixa com os dizeres - Banda Santa Cecilia: 105 anos festejando a padroeira. 

Ao meio dia, durante almoço no salão paroquial, a Banda tocou e cantou musicas religiosas, italianas e gaúchas, animando os devotos de Nossa Senhora da Saúde. O incentivador Abrelino Vicente Vazzatta parabenizou a entidade pelo aniversário e fez questão de convidar todos os presentes para cantar os parabéns. 

Por: Maicon Pan